7 estratégias infalíveis para aumentar vendas no e-commerce

As lojas online têm recebido cada vez mais atenção por parte do consumidor brasileiro. Em 2016, ano particularmente difícil para a economia, o crescimento do setor foi de 5,2%, descontada a inflação. A boa notícia para quem investe no varejo virtual também significa uma concorrência mais acirrada.

Com isso, é necessário atenção com as estratégias utilizadas para conquistar o cliente e aumentar as vendas. Para ajudar a criar ações de sucesso no e-commerce, independentemente da área de atuação, separamos as sete dicas abaixo:

1. Invista na qualidade

Parece óbvio, mas nem todo mundo dedica a atenção que o site necessita, o que pode levar a prejuízos. É essencial cuidar da aparência da página (ou seja, do layout), mas a qualidade também tem a ver com a navegabilidade.

É importante facilitar a vida do usuário, o que significa priorizar a experiência que ele tem na sua loja. Existe até um termo técnico usado para isso: UX Design. O trabalho envolve o uso de diversos recursos e técnicas para garantir um ambiente agradável e funcional.

Assim, para aumentar as vendas, é essencial buscar referências sobre o UX Design e garantir que o site seja responsivo, ou seja, que possa ser acessado por diferentes dispositivos, como computadores, celulares e tablets, não tenha problemas de redirecionamento e funcione da melhor forma possível.

2. Tenha certificados de segurança

Muitas vezes os consumidores são resistentes às compras na internet devido à falta de confiança, não há como fugir dessa realidade.

Para tentar evitar qualquer suspeita, é preciso mostrar a idoneidade do negócio. Uma das formas de garantir que se trata de um ambiente sério e seguro é disponibilizar certificados de segurança. O mais comum é o SSL (Secure Sockets Layer), responsável por garantir confiabilidade à navegação.

3. Use a força dos marketplaces

Em um ambiente cada dia mais competitivo, é importante manter diversas formas de divulgação. Os marketplaces são uma boa alternativa para garantir mais visibilidade.

Eles funcionam como um shopping center virtual e abrem a possibilidade para todas as marcas apresentarem seus produtos para uma audiência um tanto quanto significativa, além de rotativa. Para aproveitar todo o potencial desse tipo de estratégia, adote uma plataforma que seja automaticamente integrada com os marketplaces.

4. Facilite o acesso aos canais de comunicação

O usuário da internet é mais exigente. É preciso entender essa característica para atender às demandas em relação, por exemplo, às formas de comunicação. Ele faz questão de estar no controle, ou seja, precisa ter várias opções à disposição.

Hoje, são bem-vistas as lojas que oferecem diversos canais (telefone, e-mail, chat, redes sociais e até WhatsApp) para contato. E, obviamente, em todos é imprescindível manter a excelência no atendimento.

5. Divulgue as avaliações recebidas

Outra forma de conquistar a confiança – atributo fundamental para aumentar vendas no e-commerce – é compartilhar as avaliações dos clientes.

Por mais que se invista em comunicação, não há como negar que a confiabilidade de uma informação passada por um cliente é maior do que a divulgada pela própria empresa. Nesse caso, destine um espaço para publicar esse tipo de testemunho e/ou trabalhe com uma plataforma específica para isso.

É fundamental, também, estimular esse tipo de participação do público. Daí a importância de adotar uma solução que cuide também do envio dos convites aos consumidores para avaliarem o site e o produto ou serviço adquirido.

6. Acompanhe de perto os resultados

Não deixe de aproveitar uma das principais vantagens da internet, que é acompanhar de perto todas as reações do consumidor. Com o Web analytics, é possível analisar o que dá mais resultado com o público.

Isto vale para medir o retorno tanto dos itens oferecidos, como para as estratégias de comunicação. As experiências por meio dessa ferramenta comprovam que simples mudanças nos sites podem fazer muita diferença nas taxas de conversão.

Como exemplo, pode-se usar um botão “Posso ajudar?” ao invés do tradicional “Saiba mais”. O importante é usar os relatórios emitidos pelo analytics para entender o que influencia o comportamento do usuário e, a partir disso, fazer os ajustes necessários.

Entre as métricas mais relevantes para o sucesso do negócio figuram os indicadores relacionados às taxas de conversão, ROI (retorno sobre o investimento), abandono de carrinho, tíquete médio por pessoa e frequência de compras.

7. Não descuide da comunicação

Dedique atenção especial para as estratégias de divulgação. As pessoas dificilmente compram em uma loja da qual nunca ouviram falar. O marketing digital tem um leque extenso de opções que podem ser empregadas e nem todas exigem altos investimentos.

No caso das mídias pagas, analise a possibilidade de investir, por exemplo, em links patrocinados do Google. Os serviços de busca têm um papel relevante na vida do consumidor e não se pode ignorar o fato de que marcas precisam se manter sempre bem posicionadas.

Para atrair mais audiência, não deixe de avaliar as estratégias de marketing de conteúdo. Um blog corporativo e perfis nas redes sociais são eficazes para ter sucesso nessa frente. É uma maneira de tornar o nome do comércio mais conhecido, trazer os clientes certos e, com o tempo, construir a reputação digital.

Considere investir, também, em campanhas de e-mail marketing. Cada vez mais elas têm se mostrado eficientes em abordagens personalizadas e, assim, obter melhores resultados.

Fonte: E-commerce News

 

A maxiPago! é um PSP (provedor de serviços de pagamento) pronto para atender as necessidades do seu negócio.

Com capacidade de processamento de 5.000 transações por segundo e disponibilidade de 99,998%, a maxiPago! oferece aos seus clientes diversas funcionalidades, como:

  • Pagamento Recorrente;
  • Estorno e Cancelamento On-line;
  • Checkout 2.0  – Envio de Ordem de Pagamento;
  • Transações 3DS – Utilização do cartão de débito no e-commerce;
  • Split de Pagamentos.

Além do uso de uma Blacklist, Tokenização e Aviso de cartões a vencer.

Para conhecer mais da nossa solução, acesse nosso site: www.maxipago.com ou contate um de nossos executivos através de um dos canais:

E-mail: comercial@maxipago.com
Telefone: (11) 2121-8524

Quando um empreendedor deve decidir entre abrir um e-commerce ou vender em um marketplace?

Mesmo em época de crise econômica, uma das atividades que mais cresce no País é o e-commerce. De acordo com a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), em 2016, o setor faturou um total R$ 53,4 bilhões, o que representa um crescimento de 11% em relação a 2015. Em 2017, a previsão é que alcance R$ 59,9 bilhões.

O cenário seduz muitos empreendedores a surfar a onda do comércio eletrônico e abrir a própria loja virtual. Todos os dias nos deparamos com negócios que comercializam os mais variados tipos de produtos e serviços, atendendo aos mais variados perfis de consumidores. No entanto, um bom empreendedor deve atentar-se a uma importante decisão que precisa ser tomada nesta fase de planejamento: criar o próprio e-commerce ou vender a partir de um marketplace?

Abrir uma loja virtual requer um considerável investimento de tempo e dinheiro para planejar e organizar diversas atividades. Não é “apenas” colocar o site no ar e receber milhares de pedidos por dia: há vários outros fatores vitais que devem ser levados em consideração. Estratégia de marketing, logística, gerenciamento de redes sociais, escolha da plataforma de e-commerce, infraestrutura de integração com meios de pagamento… a lista é grande.

Todas estas atividades ganham uma carga extra quando o lojista ainda está conhecendo o mercado de e-commerce e ainda não possui um volume de vendas tão expressivo. Como alternativa surge o marketplace, que nada mais é que o “local” (site ou aplicativo) onde o processo de compra e venda é realizado.

Hoje em dia, há marketplaces para várias demandas de mercado: produtos novos e usados, livros, carros, hospedagem, transporte, entrega de comida, artesanatos, passagens, técnicos de computadores etc. Estas empresas, para atrair mais lojistas, oferecem uma série de vantagens, como auxílio em marketing, antecipação do pagamento de vendas e garantia de pagamento contra fraudes.

Uma das vantagens de começar a vender por marketplace é compartilhar os custos de logística, pagamento, conciliação financeira e antifraude, diluindo certas despesas e evitando gastos desnecessários. Isso não é demérito: toda essa experiência será importante para medir o potencial da loja no futuro e saber a possibilidade de escalar a operação para a sua própria plataforma.

A visibilidade da marca também é um tópico importante para lojas recém-criadas. Um e-commerce pode demorar um certo tempo para ganhar destaque, enquanto que em um marketplace a imagem do negócio fica muito mais visível dentro do seu nicho de atuação.

Não há uma fórmula exata a ser seguida: cabe a cada empreendedor estudar qual é a melhor estratégia para alavancar o negócio diante do menor custo possível. Opções eficientes não faltam.

Fonte: E-commerce News

A maxiPago! já oferece a Solução de Pagamento para Marketplaces

A maxiPago!,  uma empresa do conglomerado Itaú-Unibanco, já está preparada para atender os marketplaces. Confira alguns dos benefícios que a maxiPago! oferece:

  • Redução de custos operacionais;
  • Gestão e controle dos recebíveis;
  • Automatização e transparência nos processos;
  • Alinhamento com as novas regras estabelecidas pelas bandeiras e Banco Central.

Tenha um Split de Pagamento completo para o seu marketplace:

  • Split de cartão de crédito, débito e boleto:
    • Cartão de crédito;
    • Cartão de crédito e débito via 3dSecure;
    • Boleto com registro.
  • Split em “multi transaction” e “single transaction”;
  • Credenciamento de marketplace e sellers via Portal e API;
  • Portal White Label para marketplaces;
  • Gerenciamento de estorno integral e parcial;
  • Dashboards e relatórios customizados;
  • Sandbox completo;
  • Gestão de sellers com condições independentes;
  • Consultas do status das transações: via API, Portal ou Webhooks.

Fale com um de nossos consultores e conheça nossas ofertas: comercial@maxipago.com // (11) 2121-8524

 

Confira o e-Book completo sobre o comércio eletrônico brasileiro

A NeoAtlas, com apoio o apoio da Squid e de outras empresas parceiras, acaba de lançar o mais completo estudo sobre o comércio eletrônico brasileiro. Neste e-book (que é completamente gratuito) estão informações como quais são os perfis dos compradores de e-commerces, quais os seus hábitos de compra e etc.

Faça download do e-book completo clicando aqui.

Fonte: Proxxima

5 dicas de como aumentar o engajamento online com bate-papo proativo

Mais do que disponibilizar um telefone 0800, hoje é essencial oferecer atendimento ao cliente na própria interface do site ou aplicativo. Por isso, os chats online para atendimento estão cada vez mais conquistando espaço no mercado brasileiro. O bate-papo proativo é aquela janela, geralmente do tipo pop-up, que convida você para teclar diretamente com um representante do site em tempo real. As boas práticas na utilização dos convites proativos podem fazer grande diferença nos resultados de vendas ou satisfação de um determinado website. Com a implementação do canal de atendimento online, as empresas podem escolher o melhor momento para interagir com o visitante virtual baseando-se no volume de visitas do site, no comportamento do cliente ou nas necessidades de negócios.

Em uma loja real os clientes têm uma pessoa à disposição para atender e ajudar no que for necessário, porém no mundo virtual é como se os clientes estivessem sozinhos. Uma pesquisa recente conduzida pela LogMeIn, empresa detentora da ferramenta de chat Bold360, revelou que 85% dos consumidores não voltam para um site ou loja virtual em que tiveram uma experiência ruim. O que reafirma que identificar clientes com dificuldades na navegação e oferecer ajuda, pode reverter a experiência desses clientes.

“Acreditamos no potencial de falar com a pessoa certa no momento correto. Quanto mais opções para customização do chat proativo mais eficiente será a ferramenta de chat. Apostamos no Brasil para lançar a Bold360 por conta do perfil do usuário brasileiro, que é bastante familiarizado com novas ferramentas e aberto a este tipo de abordagem, que pode ajudá-lo a esclarecer dúvidas imediatamente, aumentando a conversão em vendas, por exemplo”, explica Gustavo Boyde, gerente de marketing da LogMeIn para América Latina.

Por ser uma inovação, o chat proativo pode despertar muitas dúvidas de quem precisa definir as regras para interagir com o cliente online e exige uma estratégia por parte da empresa. “Todo e qualquer website tem muitos benefícios em interagir com seus clientes por meio de um bate-papo, mas cada perfil de site exigirá um modelo diferente de engajamento. Para um site pequeno, cuja taxa de navegação é baixa, pode ser oferecido um atendimento personalizado, no qual o atendente tem autonomia de escolher, dentre todos que estão conectados, para quem irá oferecer ajuda”, ressalta o executivo.

Gustavo Boyde indica ainda 5 dicas para melhorar a relação com os clientes e conquistar mais engajamento no site com o uso de bate-papo proativo:

1. Avalie o tempo de permanência dos clientes em cada página: se alguém estiver parado em um mesmo lugar por muito tempo, significa que há dúvidas e que não é possível prosseguir. Este é uma área que demanda atenção e o chat automático ajudará a esclarecer qualquer problema para que o usuário siga em frente;

2. Ofereça ajuda na página final de compra: este é um momento crítico para qualquer e-commerce, pois é ali que o cliente vai checar todas as informações e levantar dúvidas se seguirá com a compra ou não. Ter um chat proativo já deixa o canal aberto para qualquer questão que apareça;

3. Focar na venda de produtos específicos: se o e-commerce está fazendo alguma promoção, ou deseja dar atenção maior para os consumidores que buscam aquele produto, é possível deixar uma regra que faça com que o chat abra automaticamente apenas para um determinado produto, dando maior atenção para esses determinados clientes;

4. Análise de dados: os e-commerces podem traçar um perfil do comprador que navega pelo site, seja fazendo análises por cidade ou interesses e assim personalizar o atendimento;

5. Informações detalhadas: o atendente de chat consegue identificar o histórico de busca por palavras-chave que fizeram o cliente chegar até a página da loja e se é a primeira visita ou se está retornando. Com isso, é possível identificar o interesse do cliente por um determinado produto ou serviço.

Todos estes detalhes fazem a diferença, uma vez que após a implementação do bate-papo proativo, empresas usuárias da ferramenta relataram um aumento no engajamento com seus clientes em até 313%. Também apontaram uma redução no abandono do carrinho de compra entre 50% a 70% e os clientes que receberam atendimento personalizado via chat tiveram gastos de até 60% maiores do que os demais consumidores.

Fonte: E-commerce News

15 atividades para empreendedores que acontecem em julho

Confira, a seguir, algumas atividades voltadas especialmente para empreendedores que acontecem no próximo mês

 

 

São Paulo – Quem tem um negócio não pode deixar de reinventar tanto sua empresa quanto a si mesmo. Um dos melhores caminhos para a inovação é buscar novos conhecimentos. Por isso,EXAME.com separou alguns compromissos que todo empreendedor deve marcar em sua agenda de julho – seja pelo prazo de inscrição ou pela própria atividade.

Na seleção há congressos, cursos, encontros, eventos e workshops. Alguns, inclusive, são gratuitos. Confira, a seguir, algumas atividades voltadas especialmente para empreendedores que acontecem no próximo mês:

1 – Road Show ACE na Tecnosinos – RS

Inscrições: Até 6 de julho, pelo site
Custo: Gratuito
Data da atividade: 6 de julho
Onde: Tecnosinos, em São Leopoldo (RS)

A aceleradora ACE fará um evento na Tecnosinos para conversar com startups do Sul sobre as oportunidades e dificuldades de se empreender no país.

A melhor aceleradora de startups da América Latina, a ACE, se uniu ao TECNOSINOS (Parque Tecnológico de São Leopoldo) para conversar com startups do Sul do país sobre as oportunidades e dificuldades de se empreender no país.

Haverá palestras de empreendedores e painéis sobre investimentos e como escalar uma startup.

2 – Startup Weekend Jaraguá do Sul – SC

Inscrições: Até 14 de julho, pelo site
Custo: R$ 100
Data da atividade: De 14 a 16 de julho
Onde: Faculdade SENAI, em Jaraguá do Sul (SC)

Em sua quarta edição na cidade de Jaraguá do Sul (SC), o Startup Weekend terá 54 horas de atividades para empreendedores. O evento funciona da seguinte forma: na sexta-feira os participantes expõem suas ideias. As melhores são escolhidas e os times, formados. Durante o sábado, os integrantes das equipes desenvolvem um modelo de negócios e o produto que apresentarão à banca avaliadora. Esse processo é acompanhado por mentores especializados na área de empreendedorismo e inovação. No domingo, último dia do evento, os times finalizam o projeto, mostram o que desenvolveram e recebem as opiniões dos jurados.

3 – Campeonato Nacional Enactus Brasil

Inscrições: Até 20 de julho, pelo site
Custo: Gratuito
Data da atividade: 20 e 21 de julho
Onde: Centro de Convenções Sulamérica, no Rio de Janeiro

O campeonato é um evento técnico científico, está em sua 17ª e tem como tema Empreendedorismo Social. O publico acompanhará a competição de 68 universidades de todo o Brasil que apresentarão projetos sociais que abordam assuntos como mobilização social, políticas públicas e educação, responsabilidade socioambiental e a presença da universidade na comunidade na qual está inserida. Os vencedores desta edição irão representar o Brasil na Enactus World Cup, competição mundial que em 2017 acontecerá em Londres, em setembro. O evento é promovido pela Enactus, organização internacional sem fins lucrativos que fomenta o empreendedorismo social dentro das universidades.

4 – Programa BrazilLAB

Inscrições: Até 5 de julho pelo site
Custo: gratuito
Data da atividade: De setembro a dezembro
Onde: Campus São Paulo (Rua Coronel Oscar Porto, 70 – Paraíso, São Paulo)

O BrazilLAB é um hub de inovação que acelera ideias e conecta empreendedores com o poder público. O programa está com inscrições abertas para receber projetos de startups que solucionem grandes desafios dos municípios brasileiros. Esta é a segunda edição do programa e para este ano as soluções das startups precisam ser relacionadas a três áreas: equilíbrio fiscal, agricultura urbana e comunicação. Às startups selecionadas, o hub oferece mentoria especializada, workshops, networking, visitas em campo e participação em rodada com investidores. Ao final do programa, o vencedor receberá um prêmio financeiro e apoio da equipe do BrazilLAB na aproximação com a poder público para a implantação dos projetos nas prefeituras.

5 – Seleção da aceleradora Wow

Inscrições: a partir de 12 de junho, pelo site
Custo: Gratuito
Data da atividade: indefinida
Onde: Nós Coworking, em Porto Alegre (RS)

A aceleradora WOW está com inscrições abertas para o seu programa de aceleração. Ela pretende acelerar mais 24 startups nos próximos  dois anos, passando a ter um processo seletivo aberto a cada quatro meses. As startups receberão um primeiro investimento, de R$50 mil ou R$150 mil, dependendo do estágio do negócio. As startups que apresentarem uma boa performance durante a aceleração receberão um segundo investimento de mais R$100 mil.

Para se candidatar, as startups devem estar em um estágio pré-operacional, em que já possuem um protótipo, mas ainda não geram receita; ou em estágio de crescimento, no qual já tenham recebido investimentos anteriores ou que tenham tração comprovada.

Além do aporte financeiro as startups recebem ajuda com infraestrutura física, capacitação, consultorias em marketing digital e vendas, mentorias, plataformas de serviço e de hospedagem, assessoria de imprensa, jurídica e contábil além do apoio da equipe da aceleradora e do intercâmbio com as outras startups aceleradas.

6 – FINTECH.Rio

Inscrições: De 15 a 30 de julho, pelo site
Custo: gratuita
Data da atividade: Indefinida
Onde: Plataforma.Space (Av. das Américas, 3500, Barra da Tijuca. Rio de Janeiro / RJ)

A Plataforma.Space abre inscrições para uma nova edição de seu programa focado em fintechs (startups voltadas para inovação em serviços financeiros), o FINTECH.Rio . A plataforma atua com inovação e oferece capacitação técnica, infraestrutura, crédito, acesso ao mercado, clientes e valor agregado para startups em estágio operacional — está encerrando a sua primeira turma do FINTECH.Rio.

7 – Startup SP

Inscrições: ate 12 de julho, pelo site
Custo: gratuito
Data da atividade: 4 meses de duração a partir de agosto
Onde: São Paulo, Bauru, Piracicaba, Ribeirão Preto e São José dos Campos

O Sebrae-SP lançou cinco novas edições do Startup SP, programa de desenvolvimento de negócios que oferecerá capacitação, acompanhamento de negócios e mentorias para startups digitais em estágio de validação. Serão selecionadas dez startups de cada cidade: São Paulo, Bauru, Piracicaba, Ribeirão Preto e São José dos Campos.

A seleção busca startups inovadoras, com alto potencial de crescimento, que utilizem softwares ou serviços de tecnologia da informação como ponto central do modelo de negócio e ainda não tenham validado todas as hipóteses do modelo de negócio. A edição de Piracicaba é exclusiva para startups que estejam inseridas na cadeia do agronegócio.

8 – Workshop sobre linguagem corporal e detecção de mentira

Inscrições: Até 8 de julho, pelos telefones (17) 4141-0688 Whatsapp: (17) 99607-9993 ou pelo e-mail contato@escolaexpect.com.br
Custo: Não divulgado
Data da atividade: 8 de julho
Onde: São José do Rio Preto

A Expect Escola de Persuasão promove o workshop “Linguagem corporal e detecção da mentira”. Entre os tópicos abordados estão linguagem corporal, padrões coletivos e individuais, movimentos do corpo, pistas pessoas, sinais da mentira, micro expressões, entre outros, que tem como objetivo mostrar que o corpo pode demonstrar pensamentos que não estão sendo verbalizados, inclusive indicar mentiras. Esses ensinamentos são importantes para conduzir conversas informais, conversas de negócios e tomar decisões importantes.

9 – MasterClass Evolve or Die

Inscrições: Até a data do evento pelos sites (edição SP)  e (edição RJ)
Custo: Gratuito
Data da atividade: 27 de julho em SP e 28 de julho no RJ
Onde: Meliá Jardim Europa – R. João Cachoeira, 107 – Itaim Bibi, São Paulo – SP e JW Marriott – Av. Atlântica, 2600 – Copacabana, Rio de Janeiro – RJ

Organizado pela IE Business School, o evento é voltado para executivos, empresários, empreendedores e estudantes e abordará as principais mudanças, tendências e desafios do cenário de negócios no mundo.

Transformações que estão acontecendo nas esferas social, política, econômica e tecnológica, e o que isso demanda dos executivos e empreendedores globalmente, serão tratadas pelos palestrantes Laura Rojo e Ignacio Gafo. Laura é e especialista em coaching e desenvolvimento de lideranças em mercados internacionais; e Ignacio Gafo é professor de Marketing e Gestão há mais de dez anos na IE. Eles trarão cases que explicam o sucesso das empresas que continuam a crescer e se adaptar rapidamente nesse cenário, e como pensam os novos líderes.

10 – Empreenda sem Fronteiras

Inscrições: Até a data do evento pelo site
Custo: De R$ 697 (12 x de R$ 67,91) a R$ 1.997 (12 x de 194,56)
Data da atividade: De 7 a 9 de julho
Onde: Transamérica Expo Center- São Paulo

Evento promovido pelo empreendedor Bruno Pinheiro, o Empreenda sem Frnteiras tem como tema negócios digitais. O objetivo é mostrar para os participantes como é possível empreender de qualquer lugar do mundo e do zero. Dentre os palestrantes presentes estão Neil Patel e Ryan Diess. Descubra: A TOTVS mostra como aplicar a transformação digital no seu negócio Patrocinado 

Os participantes do evento que adquirirem os pacotes Business ou 1a Classe poderão se inscrever no programa BP.Partners que visa selecionar cinco projetos de empreendedorismo digital para um aporte de R$ 100 mil. Durante os três dias de evento, os representantes dos cinco projetos selecionados serão avaliados pelos palestrantes do Empreenda Sem Fronteiras. Ao final do evento, o vencedor será revelado e além de receber o investimento, fará um curso de mastermind.

11 – 3º Workshop Coworking do Zero 

Inscrições: Até 10 de julho pelo site
Custo: Gratuito
Data da atividade: De 10 a 17 de Julho
Onde: online

Ministrado por Bruna Lofego, CEO & Founder da CWK Coworking, o workshop é uma preparação para o curso “Como montar um coworking de sucesso”.

Na palestra, a especialista vai explicar o conceito de coworking para que os participantes entendam com clareza qual é o ramo em que estarão investindo. Falará também sobre como avaliar se o coworking é viável financeiramente, verificando itens como capital de giro, retorno de investimento e ponto de equilíbrio. O workshop vai apresentar ainda números que ilustram a situação atual dos escritórios compartilhados no Brasil.

12 –Semana do Ecommerce 

Inscrições: Até 3 de julho pelo site
Custo: Gratuito
Data da atividade: De 3 a 11 de julho
Onde: online

Idealizado por Bruno de Oliveira, criador do site Ecommerce na Prática.com, a semana trará conteúdos online sobre como montar um e-commerce do zero de forma simples.

13 – Pipe – IPT/Fapesp

Inscrições: Até 31 de julho, pelo site
Custo: Gratuito
Data da atividade: O programa dura até 34 meses. O resultado da seleção será divulgado em dezembro de 2017
Onde: IPT – São Paulo

Promovido pelo IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas) divulga o programa Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas, o Pipe, que está em seu terceiro ciclo e destinará até R$ 15 milhões para atendimento às propostas selecionadas. O programa é realizado pela Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo).

O fomento destina-se a pequenas empresas (com até 250 funcionários) que tenham área de pesquisa e desenvolvimento no estado de São Paulo e queiram lançar produtos, entrar em novos segmentos, criar novas alas ou inovar em seus processos.

O projeto deve desenvolver-se em duas fases: na primeira, demonstra-se a viabilidade tecnológica do produto ou processo e, na segunda, desenvolve-se a proposta.

14 – Workshop Técnicas de Negociação

Inscrições: Até 1º de julho, pelo site
Custo: 3  parcelas de R$ 63
Data da atividade: 1º de julho
Onde: Faculdade de Tecnologia Senac Rio – Rio de Janeiro

Workshop com 8 horas de duração, destinado a profissionais de qualquer área que necessitem utilizar ferramentas de negociação para o alcance de objetivos e metas do negócio da empresa.

15 – Café DT+Seekr 

Inscrições: Até 10 de julho, pelo e-mail daquino@directtalk.com.br
Custo: Gratuito
Data da atividade: 20 de julho
Onde: Sede da DT+Seekr  – rua Geraldo Flausino Gomes, 61, 9º andar, Brooklin – São Paulo

A empresa DT+Seekr  realiza um encontro para falar sobre o tema “ChatBot: Mitos e verdades”. O evento terá a participação de palestrantes experientes no atendimento via robô.

Fonte: Exame

Vagas para Desenvolvedor Java

A maxiPago! está com vagas para Desenvolvedor Java \o/

Se você tem mais de 3 anos de experiência e está buscando oportunidade em uma empresa jovem, dinâmica e que pertence grupo Itaú Unibanco, envie seu CV para: rh@maxipago.com

E-commerce: pesquisa indica os melhores dias e horários para anúncios online

Os usuários são mais propensos a clicar em banners e comprar um produto promovido durante a semana útil, sendo que as mais altas taxas de conversão ocorrem às terças e quartas-feiras. Esse foi o resultado de um estudo feito pela RTB House, empresa global de retargeting personalizado, obtido com exclusividade pelo E-Commerce Brasil.

De acordo com dados de dezenas de mercados na Europa, América Latina, Ásia e Pacífico, Oriente Médio e África, o número de cliques e conversões aumentou especialmente às terças-feiras, quando foram monitorados 37% mais cliques e 43% de conversões. Os maiores picos de vendas foram vistos entre 14h e 16h e 20h e 23h. Já o pior dia foi o sábado, quando as decisões de compra (baseadas em cliques nos anúncios) declinaram significativamente para apenas 11% dos resultados totais da semana.

A análise baseia-se em dados coletados a partir de mais de mil campanhas realizadas no modelo RTB (real-time bidding), uma tecnologia de anúncios online que permite a compra e a venda de visualizações em tempo real. Os dados foram gerados a partir de ferramentas personalizadas de retargeting desenvolvidas pela própria RTB House.

Brasil

No Brasil, os usuários seguiram a tendência mundial e clicaram nos anúncios mais vezes às terças-feiras, quando o número foi 62% maior. Os brasileiros também ficaram mais propensos a comprar a partir de anúncios em banners às quintas-feiras, quando o índice de conversões foi 117% maior em relação ao domingo, considerado o pior dia para compra no e-commerce no país. A maior atividade foi registrada entre 14h e 16h, com 19% de todas as conversões, e entre 20h e 22h, também com 19% de todas as conversões.

“Hoje, vemos uma saturação de conectividade. As pessoas estão constantemente online, seja no seu computador, seja nos smartphones ou tablets, tanto em casa como no trabalho. Por isso, elas não esperam mais o fim de semana chegar para irem às compras, uma vez que podem finalizar um pedido a qualquer hora e em qualquer lugar. Com base nisso vemos esse pico elevado de conversões durante a semana, mesmo em horário comercial”, avaliou Rodrigo Lobato, country manager da RTB House no Brasil.

O executivo reforça que, à medida que a tecnologia muda, é natural que os comportamentos de compra também mudem. “Hoje os profissionais de marketing precisam saber cada vez mais sobre o seu público-alvo, que está em constante evolução. Quanto melhores forem os dados à disposição, e quanto mais cedo os comerciantes puderem reagir às tendências, para entregar mensagens mais precisas e personalizadas durante os horários de pico, maiores as chances de conversão”, finalizou Lobato.

Fonte: E-commerce Brasil

Os principais gatilhos mentais do consumidor

A psicologia é um fator essencial e determinante na maioria das estratégias de marketing. Isso porque todas as decisões, desde as mais simples às mais complexas, são tomadas primeiro no inconsciente. Esse processo, dependendo da complexidade da decisão, pode demandar bastante energia do cérebro.

Para evitar a fadiga mental, adotamos algumas diretrizes, os chamados gatilhos mentais. Quando aplicados da maneira correta, são capazes de ajudar no engajamento dos seus consumidores, motivando-os a agir. Em outras palavras, podem atuar como incentivadores em uma decisão de compra.

Listamos abaixo os principais mecanismos utilizados em marketing que poderão ser úteis ao seu negócio e como aproveitá-los da melhor maneira. Confira!

Segurança

Ao oferecer um produto ou serviço, é fundamental demonstrar-se confiante e seguro em relação àquilo que está vendendo. Esse gatilho diz respeito tanto à segurança transmitida pela sua loja quanto à sensação que o produto causa no consumidor.

Como aplicar:
— “Resultados em uma semana ou devolvemos o seu dinheiro”;
— “99% de clientes satisfeitos”.

Escassez

Sabe aquele papo de que “é preciso perder para dar valor”? Acredite ou não, mas essa lógica funciona para os negócios. As pessoas tendem a valorizar aquilo que é escasso e há uma explicação: o inconsciente costuma associar que quanto mais difícil for para adquirir um produto, mais raro e valioso ele é.

Como aplicar:
— “Apenas uma unidade restante em estoque”;
— “Vagas limitadas”;
— “Frete grátis para os 20 primeiros compradores”.

Urgência

Muito parecido com o da Escassez, porém está relacionado ao fator temporal, pois o produto ou serviço oferecidos possuem um prazo limite para serem adquiridos. É agora ou nunca! Depois desse período, o consumidor perde a oportunidade de obter o item ou de aproveitar um desconto, por exemplo. É um gatilho muito efetivo, pois diante dessa situação, tendemos a agir o mais rápido possível.

Aplique usando os seguintes conceitos:

— “Contagem regressiva para comprar”;
— “Só neste fim de semana”;
— “Última chance”.

Prova Social

Por pertencermos a uma sociedade, querendo ou não, o inconsciente tende a seguir a maioria. Seres humanos sentem necessidade de pertencer a grupos que os identifiquem como indivíduos, dessa forma, a Prova Social é um gatilho poderoso.

Aplique usando os seguintes conceitos:

— Depoimentos de clientes satisfeitos e pesquisas de satisfação;
— Opiniões e imagens de pessoas influentes que utilizam o produto;
— Quantidade de unidades vendidas.

Reciprocidade

“Gentileza gera gentileza”. Concorda? Seu inconsciente também. O ser humano tem uma tendência natural a querer retribuir algo que lhe agrega valor de alguma forma. Portanto, se você pratica algum gesto que seu cliente entenda ser de coração, ele se sentirá grato e retribuirá de alguma forma, seja compartilhando uma publicação, seja cadastrando o e-mail na sua lista ou mesmo comprando um de seus produtos.

Aplique usando os seguintes conceitos:

— Amostras grátis;
— Brindes.

Antecipação

Ao assistir a um trailer empolgante de um filme que será lançado em breve, bate uma ansiedade pela estreia, certo? Assim funciona o gatilho da Antecipação. Ele diz respeito às expectativas em relação a algo que está por vir e, portanto, é muito poderoso, uma vez que o futuro é algo incerto e o ser humano se sente confortável quando as perspectivas são positivas. Estimular a novidade, antecipando informações sobre um lançamento é mais um modo de conquistar a atenção do público.

Aplique usando os seguintes conceitos:

— Planeje a apresentação do produto e comece a fazer publicidade, estimulando a curiosidade do público sobre o que está por vir.

Razão (Por que)

Mesmo que as decisões sejam tomadas primeiramente no inconsciente, a mente tende a procurar sempre por razões que justifiquem as ações. Quando encontramos essas motivações, acreditamos estar fazendo o certo.

Aplique usando os seguintes conceitos:

— Apresente os motivos pelos quais deveriam comprar seu produto/serviço;
— Quando usar os gatilhos de urgência e escassez, explique o motivo do prazo ou da oportunidade ser única.

Os gatilhos mentais são poderosas ferramentas de convencimento, portanto devem ser utilizados com ética e responsabilidade. Se você não entrega ao público aquilo que promete e os utiliza apenas para benefício próprio, você não estará persuadindo as pessoas, mas manipulando-as.

Lembre-se: a persuasão é a capacidade de entender o que o seu público pensa e deseja, se comportando de forma que os seus objetivos se alinhem a esses desejos e vice-versa.

Fonte: E-commerce Brasil

As Top 7 habilidades que você precisa para o sucesso no e-commerce

Dado o crescimento das mídias digitais e o investimento das empresas no e-commerce, há uma demanda constante por profissionais qualificados para atuarem não só nas agências de marketing, mas também em corporações de serviços diversos como consultorias.

No Brasil, o e-commerce já é uma realidade, apesar de ser um mercado novo no país este mesmo mercado nos EUA é bilionário, as empresas já se convenceram de que precisam ter estratégias de vendas mais eficientes. Hoje, os empreendedores que não tiverem sua marca conhecidaa no mundo digital tendem a ter  dificuldades para aumentar suas receitas em vendas.

Quando falo em habilidades para se ter sucesso no e-commerce, essencialmente, me refiro a dois tipos de habilidades: Habilidades relativas a aptidão e atitude. Já a segunda habilidade está relacionada a suas aptidões técnicas, ou seja, tudo referente a ferramentas e técnicas diversas como, por exemplo, a utilização de SEO para ranquear seu site em plataformas de buscas como o Google.

Curiosamente, para quem quiser ter sucesso no e-commerce, não há pré-requisitos em termos de qualificação educacional e habilidades tecnológicas. O que existe são determinadas práticas que o profissional iniciante deve evitar. Mesmo se você não for formado ou não tiver entendimento em tecnologia, você pode adquirir habilidades de e-commerce enquanto estiver comprometido e apaixonado pelas mídias digitais.

Para que você tenha sucesso com o e-commerce será necessário desenvolver as seguintes habilidades:

1 – Habilidades de comunicação: na mídia digital, uma organização se comunica com seu público-alvo através de texto, imagem ou vídeo. A qualidade desta comunicação determinará naturalmente o resultado de qualquer campanha de marketing digital;

2 – Criatividade: dada a sobrecarga de informações sobre mídia digital, os profissionais precisam ser criativos o suficiente para garantir que suas campanhas se destaquem entre a concorrência. Felizmente, pode-se adquirir habilidades de criatividade através da prática;

3 – Habilidades analíticas: uma das principais vantagens do e-commerce é a quantidade de dados em tempo real disponíveis para medir o progresso de qualquer campanha. Se você quiser aproveitar esses dados para otimizar uma campanha para o sucesso, você deve ter fortes habilidades analíticas para analisar estes dados e tomar decisões inteligentes para cumprir os objetivos das suas campanhas;

4 – Paixão: Embora a paixão não seja uma característica específica da carreira no e-commerce, é uma das razões fundamentais para o sucesso da pessoa em aprender e alavancar seus negócios. Como compartilhado por vários líderes de pensamento, a paixão determina seu sucesso e felicidade para qualquer coisa que você faz em sua vida e o e-commerce não é uma exceção;

5 – Aprendizagem rápida: o e-commerce é um dos campos mais dinâmicos em termos de mudanças no momento. Quão rápido você pode se adaptar às mudanças no meio digital irá determinar o quão bem você pode estruturar e executar campanhas  com mais sucesso;

6 – Disposição para experimentar: não há regras fixas sobre o meio digital e não há limites para o sucesso neste meio. Sua capacidade de experimentar e realizar testes constantemente será crucial na elaboração de estratégias e na execução de campanhas;

7 – Conforto com a tecnologia: enquanto você não precisar ser programador ou possuir habilidades técnicas fortes, a tecnologia desempenha um papel importante no e-commerce. Por exemplo, você pode multiplicar a eficiência das campanhas ou medir o desempenho por meio da tecnologia.

Conclusão:

As empresas que hoje precisam alavancar suas vendas não podem negligenciar as mídias digitais. Saber posicionar sua marca para o público certo pode fazer a total diferença no seu faturamento. O e-commerce já é uma realidade, o comportamento do consumidor mudou e você precisa entender essa nova dinâmica para realizar suas vendas com mais eficiência.

Fonte: E-commerce Brasil

Correios vão simular operação de logística em tempo real na VTEX Day

Os Correios vão realizar uma operação de logística integrada em tempo real durante a VTEX DAY 2017, apresentando na prática como funciona seu novo serviço de e-fulfillment para e-commerce.

Os participantes também poderão conferir a palestra “Legado Olímpico para o comércio eletrônico”, ministrada pelo chefe do Departamento de Soluções Logísticas da empresa, Lemuel Costa e Silva. Ele apresentará as inovações alcançadas pelos Correios com a operação logística dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016.

O evento contará ainda com o depoimento de Igor Ramon, empresário de Brasília (DF), fundador da loja Kamaleão Color, que contará sua experiência ao entregar todo o seu estoque para ser gerenciado pelos Correios.  A história do empreendedor faz parte da palestra “Logística Colaborativa para o e-commerce”, apresentada pelo gerente corporativo Washington Davi Alves.

Premiados entre os 10 melhores prestadores de serviços logísticos do Brasil no 15º prêmio ILOS e líder na logística do e-commerce nacional, os Correios entregam 33,2 milhões de objetos/dia e são responsáveis pelas maiores operações logísticas no Brasil.

Fonte:  E-commerce Brasil

A maxiPago! estará presente no Vtex Day, no estande da Rede =)

Venha conversar com nossos executivos, bater um papo sobre o mercado e conhecer nossas soluções. Nosso gateway está preparado para ajudar seu negócio a lucrar ainda mais!

O Vtex Day acontece nos dias 30/05 e 31/05. Para adquirir ingressos acesse: http://ingressosvtexday.vtex.com