Correios devem levar 15 dias para normalizar entregas após greve dos caminhoneiros

Os Correios informaram que, em consequência da greve dos caminhoneiros, os Correios deixaram de entregar cerca de 85 milhões de objetos postais, entre encomendas e mensagens.

Neste sábado (2), foram realizados mutirões nas unidades que receberem carga para distribuição. A estimativa é de que em cerca de 15 dias as entregas estejam normalizadas.

Segundo a estatal, o acúmulo ocorreu pois os veículos da empresa não conseguiram chegar ao seu destino por causa de bloqueios nas estradas ou devido à falta de combustível. Em dias normais, os Correios entregam aproximadamente 25 milhões de objetos diariamente.

Os serviços com dia e hora marcados (Sedex 10, Sedex 12, Sedex Hoje, Disque Coleta e Logística Reversa Domiciliária) permanecem temporariamente suspensos. Os demais serviços de encomendas, como o Sedex convencional e o PAC, foram mantidos e tiveram apenas o prazo de entrega ampliado.

“Com o término do movimento grevista, os Correios trabalham para regularizar as operações e normalizar todos os serviços”, afirmou a empresa em nota.

Fonte: E-commerce Brasil